Você está aqui: Início » Sobre a FCF » Apresentação

Apresentação - Faculdade de Ciências Farmacêuticas

         Tendo suas raízes na antiga Escola de Farmácia de São Paulo, criada em 12 de outubro de 1898, a Faculdade de Ciências Farmacêuticas, ocupando uma área construídade 23.200 m² na Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, desenvolve suasatividades buscando sempre a excelência, para cumprir as finalidades da Universidade de São Paulo: pesquisa, ensino e prestação de serviços à Comunidade.

Em seus quatro Departamentos - Alimentos e Nutrição Experimental, Análises Clínicas e Toxicológicas, Farmácia e Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica, conta com a atuação de 89 docentes, dos quais 80 em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa, 9 em Regime de Turno Completo.

Em termos de carreira docente, são 22 Professores Titulares, 14 Professores Associados e 53 Professores Doutores. Esta instituição possui ainda 171 funcionários técnicos e administrativos: 34 de nível superior, 84 técnicos e 53 de nível básico, muitos dos quais pertencentes a Comissões que assessoram a Diretoria.

Tal estrutura é fundamental para a manutenção eficiente dos Cursos de Graduação, para aproximadamente 950 alunos, e de Pós-Graduação, para cerca de 500 alunos. Visando oferecer o melhor apoio, tanto ao público interno quanto ao público externo, a Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas, com área de 2.755 m², conta atualmente com acervo de 101.894 (livros, teses, microfichas, fitas cassetes, vídeos e periódicos), sala de leitura, empréstimo de obras, atendimento de referência, sala do Chemical Abstracts, equipamentos de fotocópias, bases de acesso à informação on-line e por CD-ROM, terminal Dedalus para consulta de banco de dados bibliográficos, videoteca e servidores de rede local.

Merece igualmente destaque o Biotério de Produção e Experimentação da Faculdade de Ciências Farmacêuticas e do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, que segue as normas preconizadas pelo National Research Council 1996, Guide for care and use of laboratory animals, National Academic Press. Washington, D.C. e pelo Biosafety in Microbiological and Biomedical Laboratories, NIH-National Institute of Health , sendo compatível com os padrões internacionais na produção e experimentação de animais de laboratório.

Dentre os serviços de extensão oferecidos pelos Departamentos da Unidade, podemos destacar:

O Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental (FBA), que mantém serviços de assessoria, consultoria a agências financiadoras e órgãos de pesquisa, bem como cooperação técnica com diversas indústrias de alimentos e órgãos públicos, principalmente nas áreas de avaliação química e biológica de alimentos e controle de qualidade; O Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas (FBC), que oferece prestação de serviços à comunidade através do Laboratório de Análises Clínicas (LAC), de exames bioquímicos, imunológicos, micológicos, parasitológicos, citológicos, hematológicos e microbiológicos, e do Laboratório de Análises Toxicológicas (LAT), que realiza o Controle Antidopagem no Esporte e o Programa de Prevenção e Controle do Uso de Drogas no Ambiente de Trabalho ; O Departamento de Farmácia (FBF), constituído pelos seguintes laboratórios:

CONFAR (Laboratório de Controle de Medicamentos, Cosméticos, Domissanitários, Produtos Afins e Respectivas Matérias-Primas);

BIOFAR (Laboratório de Biofarmacotécnica), que presta assessoria às indústrias farmacêuticas em vários aspectos relacionados a medicamentos genéricos, dissolução, biodisponibilidade e bioequivalência de medicamentos, desenvolvimento farmacotécnico, justificativas técnicas para isenção de provas invivo de bioequivalência, GMP e farmacocinética, dentre outros;

FITOFAR (Laboratório de Produtos Fitoterápicos), que tem a finalidade de, através da pesquisa, do ensino e da prestação de serviços, contribuir com a sociedade civil e o governo no equacionamento de todas as questões relacionadas à Saúde, quando envolverem as plantas medicinais e os fitoterápicos no Brasil. Tem também o objetivo de desenvolver a metodologia de produção, análise e controle de qualidade de produtos fitoterápicos nas diversas fases de seu processamento, assessorar órgãos e instituições governamentais no sentido de aprimorar a legislação e os serviços de autorização, bem como fiscalizar e comercializar produtos de origem vegetal com finalidade terapêutica ou de manutenção da saúde; a Farmácia Universitária (Farmácia da USP) prepara projetos de automação do Laboratório de Manipulação e de aprimoramento de sua capacidade produtiva, de produção de medicamentos de uso interno, cosméticos, domissanitários, produtos afins e as respectivas matérias-primas de aperfeiçoamento da assistência farmacêutica e do programa de estágio.

Presta assistência e orientação individualizada ou em grupo a pacientes crônicos, principalmente os hipertensos;

O Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica (FBT), que mantém protocolos de cooperação, convênios e acordos e divulga técnicas de conhecimento, através de diversos meios de comunicação.

Emite ainda pareceres, presta assessoria, além de atender ao público através de elaboração de análises. Preocupada em manter e aperfeiçoar a qualidade de seus serviços, a Faculdade procura promover eventos que, paralelamente ao atendimento ao ensino e à pesquisa, ampliem as atividades de extensão de serviços à Comunidade, de maneira tão abrangente quanto possível.

Destes, alguns já se tornaram tradicionais, como a Semana Farmacêutica de Ciência e Tecnologia, a Semana Universitária Paulista de Farmácia e Bioquímica, o Seminário da Pós-Graduação e a Reunião de Iniciação Científica, que representam o grande encontro de docentes e alunos, para a discussão de temas científicos e assuntos pertinentes à profissão farmacêutica. A Semana de Artes, evento igualmente importante, que ocorre no mês de setembro, há alguns anos, reúne exposição de artes, apresentações musicais e literárias, com trabalhos de alunos, docentes e funcionários da FCF, de outras Unidades e de artistas externos à USP.

Em razão do grande interesse da comunidade relativamente aos importantes temas relativos à Biossegurança, a FCF vem anualmente promovendo, desde 1999, o Simpósio de Biossegurança e Descartes de Produtos Químicos Perigosos em Instituições de Ensino e Pesquisa, contando sempre com elevado número de participantes.

Em 2003, esta Instituição ofereceu à comunidade acadêmica o Curso de Capacitação de Docentes e Pesquisadores na Manipulação e Descarte de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs), com participação de renomados palestrantes da área. O Curso teve como objetivo manter a educação continuada na manipulação e descarte de produtos químicos, farmacêuticos, alimentos e organismos geneticamente modificados, sem prejuízo do meio ambiente.

Em 2004, promoveu o workshop Monitoração de Propaganda e Publicidade de Medicamentos , cuja freqüência ultrapassou nossa expectativa.

Em 2007, foi realizado o V Simpósio de Biossegurança e de Descartes de Produtos Químicos Perigosos em Instituições de Pesquisa e Ensino , com a participação de autoridades da área.

Podemos afirmar que, nas questões inerentes a treinamentos em sistemas de qualidade, treinamentos técnicos, assim como no oferecimento, à população da Faculdade, de encontros com ênfase em aspectos motivacionais e qualidade de vida, a Comissão de Qualidade e Produtividade da FCF-USP tem trabalhado de maneira exemplar para um público diverso e entusiasmado. Neste sentido, podemos destacar a realização do treinamento para formação da Brigada de Incêndio da Unidade, que culminou com a realização do Exercício Simulado de Plano de Abandono de Edificação , efetuado pela Equipe de Brigadistas desta Unidade, com o apoio do Corpo de Bombeiros, Hospital Universitário, SESMT e Departamento de Operação e Vigilância da PCO-USP, durante o VIII Seminário da Qualidade e Produtividade da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP.

Destacamos também a decisão de abraçar a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental, pautado na ISO 14001. A iniciativa recebeu recursos provenientes da Coordenadoria de Administração Geral da Universidade de São Paulo, que permitiram a aquisição de itens de infra-estrutura, a contratação de bolsistas e a realização de eventos para treinamento específico.

Por outro lado, salientamos que tal implantação é um compromisso que agrega o trabalho, não apenas da Comissão de Qualidade e Produtividade, mas também a iniciativa de colegas nas Comissões de Descartes Laboratoriais, Biossegurança, Farma Recicla e CIPA, além da dedicação desprendida de funcionários, alunos e professores.

É igualmente importante salientar o programa de Coleta Seletiva de Lixo implantado nesta Unidade, como parte das atividades do Sistema de Gestão Ambiental e da Comissão Local do Programa USP Recicla.

No que tange à segurança no ambiente de trabalho e ao esclarecimento e conscientização da importância do tema de maneira geral, nossa CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho – promove anualmente o Curso Segurança em Laboratório e a SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho – eventos que contam com expressiva participação, não só de nossos funcionários e professores, mas também de interessados de outras Unidades da USP e da comunidade em geral.

Atualmente podemos verificar que o caminho percorrido para se chegar à presente situação pode não ter sido o mais suave, mas foi, sem dúvida, o correto. Nossa produção científica, a avaliação recebida pelo sistema CAPES, a integração e o intercâmbio da Faculdade com o Setor Produtivo comprovam tal acerto. O caminho, no entanto, segue adiante, a fim de que possamos aperfeiçoar nossa atuação no cumprimento do papel científico e social da FCF-USP.